Abono extra de R$ 2 mil a aposentados e pensionistas do INSS não será aprovado?

O abono extra de R$ 2 mil para aposentados e pensionistas terminaria seu prazo de pagamento hoje, caso tivesse sido aprovado.

Estamos nos preparando hoje (31) para a chegada de 2021. O ano que termina foi de um jeito que ninguém esperava. Um vírus chegou logo no início de 2020 e mudou a vida da humanidade. Pessoas sofreram com a doença, com a perda, com a tristeza.

A economia foi atingida, pois, as pessoas foram obrigadas a se isolar em casa, as empresas tiveram que se reiventar e muitos partiram para o home Office.
Nessa história toda, ficaram os aposentados, pensionistas e os cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC) do iNSS que estão esperando um abono de R$ 2 mil que foi prometido mas não aprovado.

O inicio dessa discussão começou através de uma sugestão legislativa (SUG) nº 15/2020 de autoria de Jefferson Brandão Leone, que hoje está em trâmite no Senado Federal e ganhou apoio popular desde sua divulgação.

O texto então previa um abono extra de R$ 2 mil, sendo registrado no dia 19 de junho de 2020 e colheu mais de 26 mil assinaturas a favor de sua implementação. O texto chegou ao Senado através do senador Paulo Paim, que terminou o ano de 2020, sem encerrar sua apreciação ao texto.

A ideia era ajudar os aposentados, pensionistas e os cadastrados no BPC enquanto durasse o estado de calamidade pública. Só que, o estado de calamidade pública termina hoje, e o texto perdeu seu valor.

OSOEdição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post Abono extra de R$ 2 mil a aposentados e pensionistas do INSS não será aprovado? apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Abono extra de R$ 2 mil a aposentados e pensionistas do INSS não será aprovado?