Bolsa Família poderá ter um valor de R$ 200 em 2021

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

O Bolsa Família passou a ser a grande expectativa de 2021. Tudo porque o governo deixou de lado o projeto de criar um programa social para substituí-la. A ideia é dar uma turbinada, mudando o valor e ampliando o número de famílias beneficiadas.

Ano passado por causa da pandemia do novo coronavírus, os inscritos do Bolsa Família foram incluídos para receberem o auxílio emergencial no lugar do benefício. Foram pagas, entre abril e dezembro de 2020, um total de nove parcelas, sendo cinco com valor de R$ 600 e quatro com valor de R$ 300.

Com o final do auxílio emergencial em dezembro de 2020, os inscritos voltam a receber o valor normal do programa, R$ 190. O presidente Jair Bolsonaro já havia dito que queria aumentar o valor pago pelo Bolsa Família.

Como não aconteceu a prorrogação do auxílio emergencial e também ficou no papel o lançamento do novo programa social Renda Brasil e Renda Cidadã, o Bolsa Família continua sendo o principal programa assistencial para quem se encontra em estado de vulnerabilidade social. Atualmente, 14 milhões são contemplados com o benefício.

Governo promete aumento no Bolsa Família

Para compensar a falta de um novo programa social, o governo voltou seus olhos para o Bolsa Família. Segundo informações do Ministério da Cidadania, há estudos sendo feitos para mudanças a serem feitas no programa em 2021. Uma dessas mudanças, seria no valor de pagamento, que poderá passar para o valor de R$ 200 por mês.

Na proposta de mudanças está também a ampliação de famílias atendidas, pelo que tudo indica, os beneficiários seriam os que deixaram de receber o auxílio emergencial e não fazem parte do Bolsa Família.

O Bolsa Família volta a pagar os seus beneficiários com o valor que era praticado antes da pandemia do novo coronavírus.

Calendário de pagamento do Bolsa Família

Designed by @rafapress / shutterstock
Final do NIS Data do pagamento do Bolsa Família 2021
1 18 de janeiro
2 19 de janeiro
3 20 de janeiro
4 21 de janeiro
5 22 de janeiro
6 25 de janeiro
7 26 de janeiro
8 27 de janeiro
9 28 de janeiro
0 29 de janeiro
Fonte Caixa

Lembrando que a Caixa Econômica Federal já está realizando o pagamento do benefício por meio do aplicativo Caixa Tem. Sendo assim, o banco abrirá uma conta social digital para todos inscritos no benefício.

Em dezembro de 2020, começaram a receber pela conta social digital, os inscritos com o final de NIS 9 e 0.

Agora, também receberão pela Poupança Social Digital, os inscritos com o final de NIS 6, 7 e 8. Em fevereiro será a vez dos que estão inscritos com o final de NIS 3, 4 e 5.

Finalmente em março, passam a receber pela Poupança Social Digital, os inscritos com o final de NIS 1 e 2. E também passarão a receber pelo aplicativo Caixa Tem, os Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua).

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post Bolsa Família poderá ter um valor de R$ 200 em 2021 apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Bolsa Família poderá ter um valor de R$ 200 em 2021