Conheça os golpes mais comuns do INSS e saiba como evitar

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

É bastante comum para alguns segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), serem surpreendidos com alguma mensagem ou ligação informando ser um representante do instituto perguntando os dados pessoais e do benefício previdenciário para fazer uma atualização. 

No entanto, esta prática não é usual e nem padrão do INSS, ou seja, pode ser que o segurado esteja sofrendo um golpe envolvendo a autarquia.

Isso porque, normalmente, o INSS não entra em contato com os segurados, prática que tem sido alterada mediante o cenário de pandemia da Covid-19 considerando o fechamento das agências da Previdência Social.

Sendo assim, os servidores precisaram começar a entrar em contato com os segurados através da Central de Atendimento pelo número 135. 

No então, esta modificação resultou em um aumento expressivo nos casos de golpes sofridos pelos segurados do INSS via telefone, mensagem de texto, e-mail e até mesmo, WhatsApp. 

No intuito de ajudá-los a evitar cair neste golpe, listamos as cinco práticas mais comuns contra os segurados. 

1 – Ligação para agendar perícia médica ou informar alguma exigência a ser cumprida

Devido à pandemia da Covid-19, as perícias médicas que estavam agendadas enquanto as agências do INSS permaneceram fechadas, precisaram ser adiadas, por esta razão, os servidores recorreram à alternativa das ligações para remarcar essas perícias ou para informar exigências em aberto. 

Tendo conhecimento da prática atual, alguns criminosos passaram a ligar para os segurados na tentativa de conseguir informações ou documentos pessoais deles.

Por isso, é possível utilizar duas táticas para não cair neste golpe: 

Se atente às informações solicitadas pelo atendente

As ligações são realizadas somente para prestar informações ao segurado, portanto, se porventura o INSS precisar de alguma informação específica ou documento, o atendente irá instruir o segurado a fornecer os dados necessários através do site ou aplicativo ‘Meu INSS’.

Em hipótese alguma o atendente do INSS irá pedir dados pessoais como o número do CPF, dados bancários, senha ou número do cartão, tendo em vista que o instituto já possui o cadastro do segurado. 

Peça para o atendente colocar a solicitação ou notificação no sistema ‘Meu INSS’

Outra maneira de conferir se a ligação é legítima é pedindo ao servidor para fazer a solicitação através do ‘Meu INSS’, tendo em vista que este é o meio oficial pelo qual o instituto se comunica com o segurado e requer as devidas informações ou documentos. 

Portanto a dica/recomendação é para não repassar nenhum dado via telefone, apenas diga que os confirmará no ‘Meu INSS’ como de costume, portanto, se não houver nenhuma exigência a ser cumprida no sistema, provavelmente se trata de uma tentativa de golpe. 

2 – Promessa de valores atrasados para receber 

No que se refere ao golpe da promessa de atrasados a serem recebidos, o estelionatário entra em contato com a vítima fazendo tal comunicado, no entanto, informa que existe uma suposta “taxa” a ser paga para liberar este valor.

Neste sentido, solicitam que o segurado efetue um depósito bancário para liberar o pagamento dos atrasados.

Mas pense, se o benefício realmente está disponível, o INSS jamais iria cobrar algum valor para autorizar o pagamento, tendo em vista que se trata de um direito.

Por isso, basta interromper a conversa a qualquer momento, pois, claramente se trata de um golpe. 

3 – Benefício bloqueado 

O objetivo do estelionatário ao tentar aplicar o golpe do benefício bloqueado, é o de conseguir quantos dados pessoais do segurado forem possíveis, visando utilizá-los em compras e até mesmo pedidos de empréstimo na titularidade do segurado. 

Nesta situação, costumam dizer que para desbloquear o benefício é necessário confirmar as informações pessoais como, CPF, RG, dados bancários e número do cartão do INSS. 

Por isso, lembre-se de que o instituto já possui todos os seus dados, então, não há porquê solicitá-los novamente e repentinamente. 

4 – Promessa de aumentar o valor do benefício

Realmente é possível aumentar o valor do benefício em alguns casos específicos, desde que se dê entrada em uma ação judicial requerendo a revisão da aposentadoria. 

Por isso, para se prevenir e evitar cair neste golpe, se atente à solicitação e busque o auxílio de um advogado previdenciário antes de dar seguimento a qualquer procedimento. 

Outro golpe bastante comum que costuma ser aplicado, é o envio de um link por mensagem de texto do celular ou WhatsApp, supostamente enviado pelo banco do segurado, requerendo uma atualização dos dados cadastrais, ou até mesmo, informando sobre a existência de pendências do CPF, as quais podem ser solucionadas através do respectivo link.

Por isso, é bem provável que ao clicar no link o site pareça confiável e o segurado acabe fornecendo dados pessoais importantes, e até mesmo, senhas que junto às demais informações podem ser utilizadas em determinadas transações, como por exemplo, empréstimos. 

Sendo assim, tome cuidado e saiba que o banco jamais irá solicitar a atualização dos dados cadastrais por link via mensagem.

Como se prevenir de golpes pela internet e telefone?

Conforme mencionado ao longo do artigo, em hipótese alguma o INSS irá entrar em contato com o segurado para requer a apresentação de dados pessoais.

Portanto, se isso acontecer, tenha consciência de que se trata de um golpe e que a autarquia não se responsabiliza pelas consequências do fornecimento dessas informações. 

Sendo assim, para acompanhar toda a situação previdenciária e se manter informado sobre possíveis mudanças ou requisições, faça uso do ‘Meu INSS’, seja pelo site ou pelo aplicativo de celular.

Lá, é possível fazer todas as consultas possíveis, lembrando que o mesmo vale para a Central de Atendimento 135.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laura Alvarenga 

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post Conheça os golpes mais comuns do INSS e saiba como evitar apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Conheça os golpes mais comuns do INSS e saiba como evitar