MEI: Saiba como obter empréstimo de até R$ 21 mil

dívida união

A categoria Microempreendedor Individual (MEI) é um regime tributário e foi criado pelo Governo Federal, para facilitar a formalização de pequenos empreendimentos de forma simples e sem burocracia.

Por isso, as instituições financeiras têm disponibilizado recursos para financiamentos e linhas de créditos, com o objetivo de beneficiar os empreendedores. 

Dentre eles está o Microcrédito Produtivo Orientado, oferecido pela  Caixa Econômica Federal.

A iniciativa prevê empréstimos facilitados para que o MEI possa desenvolver seus negócios.

Então, se você quer conhecer as vantagens desta linha de crédito, continue acompanhando esse artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o Microcrédito Produtivo Orientado.

Como funciona?

A estatal garante empréstimos com valores a partir de R$ 300,00 e que podem chegar até 21.000,00 e o parcelamento pode ser feito de 4 e 24 meses, sendo que não há carência e  a taxa de juros é de 1,99% e a tarifa de Abertura de Crédito (TAC) é de 3%.

Além disso, não há cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). 

Para garantias basta o aval de terceiros (pode ser dispensado caso o cliente já tenha contratado microcrédito pela Caixa sem atrasar nenhuma parcela) e aval do proprietário em caso de MEI ou outro tipo de empresa.

Quem pode solicitar?

O empreendedor MEI pode solicitar o recurso, mas para isso, é preciso cumprir algumas determinações como ter recebido orientação negocial ou financeira; ser maior de 18 anos; não ter nome em cadastros de inadimplentes, como CADIN (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal), SERASA (Empresa de Informações de Crédito), SINAD (Sistema de Inadimplentes da Caixa) e SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Também é necessário ter conta na Caixa, podendo ser conta corrente, poupança ou conta Caixa Fácil e ser aprovado na análise de crédito e ter capacidade de pagamento.

A instituição determina ainda que o crédito seja utilizado exclusivamente para o empreendimento, seja para adquirir maquinário, equipamentos, ferramentas, materiais necessários para o exercício da atividade, além de mercadorias e matérias primas, ou até mesmo reformar o estabelecimento.

Designed by @yanalya / freepik
Designed by @yanalya / freepik

Como solicitar?

O MEI precisa estar em dia com as suas obrigações, e isso pode ser conferido por meio do Portal do Empreendedor.

Desta forma, basta procurar a Caixa Econômica Federal e apresentar os seguintes documentos:

  • Documentos pessoais do MEI;
  • Comprovante de endereço residencial do MEI;
  • Certificado de Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI).

Outra opção para a contratação é utilizar os canais virtuais de atendimento.

Veja quais são eles:

  • Canal WhatsApp (0800-726-0104); 
  • Central de Atendimento (0800 726 0101);

Pagamento do empréstimo

A Caixa também oferece formas facilitadas para que o MEI efetue o pagamento do empréstimo.

São elas: 

  • Débito em conta na Caixa; 
  • Pagamento por meio das casas lotéricas sem boleto (basta o número de CPF e o código do convênio);
  • Site da Caixa para emitir boleto;
  • Central Telefônica 0800 726 8068, através da opção 8;

Critérios para se formalizar 

Se você ainda está na dúvida sobre a formalização do seu empreendimento através desse regime tributário, saiba que a categoria MEI foi criada há 10 anos pela Lei Complementar 123/2006 e possui alguns critérios.

Dentre os principais está o faturamento que deve ser de até R$81 mil por ano. 

Além disso, a atividade desenvolvida pelo empreendedor precisa estar entre aquelas que são permitidas ao MEI (Anexo XI, da Resolução CGSN nº 140, de 22 de maio de 2018).

Além disso, o interessado em se tornar um MEI não pode participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa. 

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Samara Arruda 

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post MEI: Saiba como obter empréstimo de até R$ 21 mil apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


MEI: Saiba como obter empréstimo de até R$ 21 mil