O aumento de 5% no limite da margem consignável não foi prorrogado

Designed by Gabriel_Ramos / shutterstock

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) esclarece que não procede a informação de prorrogação do prazo até março de 2021 em relação ao aumento de limite da margem para contratação de empréstimo consignado por aposentados e pensionistas do Instituto.

A validade dos efeitos da Medida Provisória nº 1.006, de 2020, encerrou-se no dia 31 de dezembro de 2020.

O Congresso Nacional, por meio do ato n° 150, em 26/11/2020, prorrogou a vigência da Medida por mais 60 dias.

No entanto, os efeitos da prorrogação da vigência não alcançaram o aumento da margem de consignados para 40% que foi mantida até 31/12/2020, ao contrário do que tem sido veiculado em notícias na internet.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Real, dinheiro, moeda / Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O INSS faz esse alerta para que aposentados e pensionistas fiquem atentos.

Desde o dia 1º de janeiro de 2021, a margem voltou ao percentual de 35%.

Fonte: INSS

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post O aumento de 5% no limite da margem consignável não foi prorrogado apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


O aumento de 5% no limite da margem consignável não foi prorrogado