Obrigações acessórias devem ser entregues mesmo sem movimento

Designed by @freepik / freepik

As obrigações acessórias GFIP/SEFIP devem ser entregue mesmo quando não existirem recolhimentos para o FGTS.

Continue conosco e entenda sobre o assunto. 

Janeiro de 1999

No ano de 1999 o empregador passou a entregar a obrigação acessória chamada de GFIP (Guia de Recolhimento do fundo de garantia do tempo de Serviço e informações à Previdência Social) , cuja obrigação foi elaborada no aplicativo SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e informações à Previdência Social)  e transmitida  via conectividade Social. 

GFIP sem movimento 

Esta obrigação acessória deve ser entregue sem movimento (recolhimentos para o FGTS), levando em consideração as regras que estão previstas no manual da GFIP. 

Uma obrigação acessória sem movimento deverá ser observado algumas instruções: 

  • Indicar a ausência de fato gerador assinalando na tela de abertura do movimento na aplicação SEFIP;
  • Utilizar o código de recolhimento 115; e
  • Transmitir, via Conectividade Social, o arquivo SEFIPCR.SFP gerado pelo SEFIP.

De acordo com o manual, essa obrigação acessória GFIP deve ser transmitida da seguinte forma: 

  • Mesmo em atividade, não tiverem fatos geradores a declarar ao INSS ou recolhimento ao FGTS, nem sofreram retenção previdenciária sobre a NF/fatura de prestação de serviços;
  • Cujos números de inscrição (CNPJ e CEI) não estejam devidamente encerrados junto à Previdência Social, como por exemplo, firma individual, obras de construção civil, produtor rural ou contribuinte individual com segurados que lhe tenham prestado serviço, caso estejam com suas atividades paralisadas; e
  • Que em 01/1999 estavam com suas atividades paralisadas ou sem fatos geradores relativos ao FGTS e à Previdência Social.

GFIP/MEI 

É obrigatório que o Microempreendedor Individual entregue a GFIP com indicativo de ausência  de fato gerador, sob a competência da qual foi entregue a GFIP com o fato gerador previdenciário ou para o FGTS. 

Competência 13 da GFIP sem movimento 

É necessário informar na competência do 13° salário, caso o contribuinte ou o empregador não tenha fatos geradores, será necessário enviar a GFIP sem movimento.

Pois, existe uma particularidade com a competência 13 que está prevista no capítulo I –  Orientações Gerais do Manual 8.4 da SEFIP:

Designed by @yanalya / freepik
Designed by @yanalya / freepik

‘Quando a primeira competência da ausência de fato gerador é a 13, é necessária a transmissão de uma GFIP/SEFIP sem movimento para a competência janeiro do ano seguinte, tendo em vista que a competência 13 se destina exclusivamente à Previdência Social.”

Obra de construção civil / GFIP sem movimento

O mesmo também se estiver com a construção parada, ou sem fatos geradores, será preciso ser entregue a GFIP sem movimento do mês da competência com o código 115. 

Portanto, o responsável pela obra deverá informar os dados da obra (matrícula CEI, CNAE, CNAE Preponderante, FAP, FPAS e endereço).

Já no campo Razão Social é necessário informar a razão social da empresa seguido do nome da obra. 

Qual é o prazo para a entrega da GFIP? 

O prazo  para ser transmitido é até o dia 7 (sete) do mês seguinte ao da competência. 

Sobre o arquivo referente à competência 13 (décimo terceiro) deve ser transmitido até o dia 31 de janeiro do ano seguinte ao da competência referida. 

Quais são as penalidades? 

Uma vez que for descumprido os prazos definidos no manual, o contribuinte ou o empregador ficará sujeito a multas para os casos de fiscalização, além de restringir as emissões e renovações da Certidão Tributária.

Conforme o manual operacional, veja: 

  • Uma vez que for aplicada a multa pela ausência de entrega/transmissão da GFIP/SEFIP, mesmo que o valor de tal multa for recolhida,  continuará impedido de fazer a emissão da Certificação de Regularidade para a obtenção de CND. Tornando obrigatória a transmissão da GFIP/SEFIP. 

 Penalidades previstas na lei: 

  • Empregadores e contribuintes que não transmitem a GFIP/SEFIP, seja por fora do prazo ou com dados incorretos. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Laís Oliveira 

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post Obrigações acessórias devem ser entregues mesmo sem movimento apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Obrigações acessórias devem ser entregues mesmo sem movimento