Tudo que você precisa saber sobre o piso salarial

piramide

A maioria dos profissionais têm dúvidas sobre o piso salarial.

O piso é o menor valor de salário pago a uma categoria profissional específica por sua jornada de trabalho. 

Na matéria de hoje vamos mostrar como funciona o piso salarial. 

O que é o piso salarial? 

Como mencionamos acima, o piso salarial é o menor valor de salário que pode ser pago a uma determinada categoria profissional.  

Trata-se do menor salário que pode ser pago a um profissional pela sua jornada de trabalho de acordo com a sua profissão, como por exemplo: 

  • Trabalhadores da área da saúde;
  • Construção civil;
  • Transporte;
  • Metalúrgicos; 
  • Professores;
  • Bancários, entre outros. 

A jornada de trabalho é estabelecida em 44 horas semanais, mas o mesmo pode ter variações. 

Por se tratar de um benefício o valor do piso é  maior do que o valor do salário mínimo vigente no país, ele vai variar de acordo com a cidade, estado e até entre empresas.

O  mesmo pode ser fixado por lei ou por sindicatos. 

É importante ressaltar que se o valor do piso de uma categoria for inferior ao salário mínimo estabelecido (Nacional ou Estadual), o que vai valer é o salário mínimo, por ser o valor mais benéfico ao profissional. 

Como é determinado o piso salarial? 

O valor deste benefício é determinado pelos sindicatos das categorias, através de convenções coletivas, que tem validade regional. 

Portanto o Piso Salarial que atua no estado de São Paulo pode ser diferente da Bahia, além disso é possível também que algumas categorias tenham piso salarial em um estado e não em outro. 

O valor deste benefício é atualizado na época do dissídio coletivo, a data é definida pela justiça trabalhista. 

Média salarial 

De acordo com os dados informados pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados da Secretaria de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia).

A métrica se refere ao salário médio de todas as profissões. 

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Real, dinheiro, moeda / Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Qual a diferença entre salário e piso salarial?

Piso salarial 

Este determina o menor valor que pode ser pago ao profissional de uma categoria. 

Salário 

O salário é a contraprestação recebida pelo funcionário no final do mês, isso engloba o próprio salário-base, sendo o piso da categoria ou salário maior, além dos acréscimos de salário, como as horas-extras, adicionais de insalubridade e comissões. 

Qual a diferença entre o piso salarial e o teto salarial? 

Como já explicamos acima, o piso salarial trata-se do menor salário pago a um profissional de uma determinada categoria. 

Já o teto salarial indica o maior salário que um profissional pode ganhar.

Está relacionado a um limite legal da renda de funcionários específicos na sociedade, como funcionários públicos. 

Piso salarial e salário mínimo profissional 

O salário mínimo profissional é quase igual ao piso salarial, pois trata-se de uma remuneração mínima fixada por lei. 

Portanto isso corresponde ao valor mínimo que um funcionário pode receber, na maioria dos casos, o valor do salário mínimo e do piso salarial de vários profissionais é o mesmo. 

E isso acontece para que os profissionais não recebam um valor menor do que o estipulado pela lei do salário mínimo.

Mas existem casos em que dependendo da profissão o piso dos empregados é diferente. 

É importante destacar que o valor do piso pode sofrer mudanças em relação ao salário mínimo, lembrando que o pagamento do salário mínimo pode ser feito de acordo com o valor nacional ou regional. 

Vamos listar agora, o piso salarial das principais profissões

Como já falamos o piso salarial pode variar de acordo com a região

Tabela do piso salarial 2021

Ainda não foi divulgada a tabela do piso salarial para o ano de 2021, mas pegamos como base a tabela de 2020 referente a algumas profissões.

Confira! 

Advogado R$ 4.221,79
Analista de Sistemas R$ 5.098,74
Contador R$ 4.113,69
Administrador de empresas R$ 4.159,90
Eletricista R$ 1.933,98
Fotógrafo R$ 1.505,78
Enfermeiro R$ 3.123,14
Agrônomo R$ 6.740,27
Engenheiro Civil R$ 6.979,39
Farmacêutico R$ 3.137,62
Aeromoça / Comissário de bordo R$ 2.133,51

Dica Extra do Jornal Contábil: Você gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

Conheça o programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Por Laís Oliveira

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post Tudo que você precisa saber sobre o piso salarial apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Tudo que você precisa saber sobre o piso salarial