Aposentado por invalidez pode abrir um MEI?

Quando você se torna um Microempreendedor Individual (MEI), passa a ter direitos trabalhistas e é reconhecido como segurado pela Previdência Social. Assim, terá acesso a benefícios comuns a qualquer trabalhador que possua registro em carteira. No entanto, se você já é aposentado e está pensando em abrir um empreendimento, saiba que existem restrições que devem ser analisadas com cautela. Se este é o seu caso, continue acompanhando esse artigo, pois, vamos explicar tudo!

Aposentadoria por Invalidez

Este é um benefício pago para os brasileiros que se encontram com incapacidade total e permanente para o trabalho, desta forma, fica estabelecido que eles não têm condições de saúde para continuar trabalhando. Desta forma, o pedido precisa ser comprovado durante perícia que é realizada pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). 

Assim, é agendada uma perícia e o médico do INSS irá verificar as condições de saúde do segurado e verificar a incapacidade através de laudos e exames. Ao ser constatada a incapacidade, o solicitante não pode registrar sua carteira de trabalho novamente e, por isso, passará a receber certa quantia para garantir sua subsistência. 

A intenção é de que esse recurso substitua a remuneração proveniente do trabalho e não complementá-la. Por isso, o entendimento é de que se o segurado está trabalhando ou possui condições de voltar ao trabalho, não faz jus ao benefício. Por isso, o registro em carteira causaria o cancelamento automático da aposentadoria por invalidez

Vale ressaltar que, mesmo que não haja o registro em carteira, o trabalhador que continua no mercado de trabalho pratica crime de estelionato e a pena é de reclusão de um a cinco anos e multa. Assim, o benefício é cancelado e o ex-aposentado precisará devolver os valores que foram recebidos de forma indevida, sendo aplicados juros, multa e correção monetária do período em que permaneceu recebendo os valores do INSS.

Aposentado pode ser MEI?

O mesmo entendimento é utilizado para responder àqueles que são aposentados por invalidez, e têm interesse em se registrar como microempreendedores individuais (MEI). Por isso ressaltamos que é proibido o exercício de qualquer atividade remunerada pela pessoa que é aposentada por invalidez.

Nessa proibição está inclusa a abertura de empresas de todos os tipos e regimes de tributação. Então, saiba que o registro MEI fará com que ocorra o cancelamento da sua aposentadoria por invalidez, pois, a abertura da empresa demonstra que o aposentado consegue retornar ao trabalho e, assim, poderá garantir sua subsistência por meio do faturamento da empresa. 

Mas existe uma opção caso o trabalhador perceba que sua saúde melhorou e deseja voltar a trabalhar: é preciso pedir o cancelamento do benefício e assim, evitar penalidades que são aplicadas quando ocorrem fraudes contra a Previdência.

Outros benefícios

Confira alguns dos benefícios que você pode perder ao abrir um CNPJ MEI: 

Auxílio doença: o beneficiário que recebe esse benefício porque está incapacitado de trabalhar, então, se registrar como MEI também mostrará que pode desenvolver atividades para seus sustento; 

Tutor que recebe pensão por um menor de idade: dependerá do tipo de benefício que é recebido pelo menor, por exemplo, quando o benefício for de assistência, então, se o menor e o tutor fizerem parte do grupo familiar e tiverem a renda familiar que ultrapasse o valor establecido por pessoa da família, o benefício poderá ser encerrado; 

Bolsa Família: o benefício será cessado apenas quando o registro MEI resultar no aumento da renda da família, ultrapassando o valor estabelecido para a participação no programa. 

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Samara Arruda

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post Aposentado por invalidez pode abrir um MEI? apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Aposentado por invalidez pode abrir um MEI?