Novas regras e prazos do Imposto de Renda 2021

piramide

Foi divulgado pela Receita Federal as novas regras para a declaração do Imposto de Renda em 2021, no vídeo de hoje vamos falar sobre as principais mudanças para este ano.

O início da declaração começa na próxima segunda-feira, dia 1º de março às 08 horas da manhã e vão podem ser enviadas até o dia 30 de abril.

Primeiramente não houve correção na tabela e os valores vão ser os mesmos do ano passado, então deve declarar aquele contribuinte que arrecadou mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano de 2020.

Desde o ano passado, as restituições são pagas em cinco lotes, e não mais em sete.

O primeiro lote de restituição do Imposto de Renda será liberado em maio. Os outros quatro lotes serão pagos em junho, julho, agosto e, o último, em setembro.

Quem deve declarar o imposto de renda?

Como já mencionei para vocês, deve declarar o imposto de renda neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2020, desde que não tenha recebido o auxílio emergencial. 

Também precisa declarar o contribuinte que recebeu rendimentos isentos, ou seja, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, no qual, a somatória tenha sido maior que R$ 40 mil no ano passado.

Aquele que obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou  que realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.

Quem no ano de 2020 obteve uma receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural.

Aquele que possuía até o dia 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos de valor total superior a R$ 300 mil.

A pessoa que passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nesta condição encontrava-se até o dia 31 de dezembro de 2020.

Designed by @pressfoto / freepik
Designed by @pressfoto / freepik

Quem optou pela isenção do imposto de renda incidente sobre o ganho de capital auferido na venda de imóveis residenciais, cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de outros imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados da celebração do contrato de venda.

Deduções

Primeiro é bom que você entenda que a dedução do imposto de renda é aquela quantia que tem o direito de ser abatida da sua base de cálculo durante a declaração.

Em 2021 será dedutível da declaração quem obteve gastos altos em 2020 com dependentes e saúde.

Por exemplo esse cidadão, pode optar por fazer a declaração completa do Imposto de Renda, afinal esses gastos são dedutíveis. 

Lembrando que o valor máximo é de R$ 2.275,08 por dependente, ou seja, o mesmo do ano passado.

Nas despesas com educação com ensino infantil, fundamental, médio, técnico e superior, o que engloba graduação e pós-graduação, o limite de dedução permaneceu em R$ 3.561,50 por dependente.

As deduções continuam sem limite, isso quer dizer que o contribuinte pode declarar todo o valor gasto e deduzi-lo do Imposto de Renda.

Entre as despesas incluídas aqui estão pagamentos a médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, hospitais, além de exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias.

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar. Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

O post Novas regras e prazos do Imposto de Renda 2021 apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Novas regras e prazos do Imposto de Renda 2021