Reformulação do Novo Bolsa Família em 2021

Designed by @rafapress / shutterstock

Na matéria de hoje vamos falar sobre uma proposta de reformulação do programa de transferência de renda chamado de Bolsa Família.

Continue conosco e fique por dentro do assunto.

Proposta de Reformulação 

De acordo com o Ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni, a proposta para a reformulação do programa de transferência  do Bolsa Família ainda acontecerá no próximo mês de fevereiro. 

O objetivo dessa reformulação é ampliar e reajustar o valor que é pago pelo programa e aumentar o valor do benefício. 

Para que sejam detalhadas as mudanças que provavelmente serão feitas, é necessário que haja primeiramente a aprovação do orçamento. 

Estimativa

De acordo com os técnicos da Cidadania a proposta está sendo trabalhada para aumentar o valor médio de R $190 para R $200 e acrescentar mais famílias ao programa. 

Esta proposta está sendo trabalhada em cima de três fatores:

  • Reforço ao bolsa Família;
  • Programa de microcrédito;
  • Ações para estimular a empregabilidade. 

Ano de 2020

O governo estudou no ano passado duas propostas para reformular o bolsa família, mas o mesmo não foi concluído por não ter uma fonte de renda para realizar tal operação. 

É óbvio que com a aprovação deste projeto que visa aumentar a renda do bolsa família provavelmente  o governo terá que cortar outras despesas, principalmente pela situação delicada das contas públicas.

Há uma previsão que a verba seja de R $34,8 bilhões para o programa, lembrando que nos últimos anos a verba referente era de R $30 bilhões, podemos considerar um avanço. 

Bolsa Família 

Este benefício foi criado para amparar as famílias da situação de pobreza e extrema pobreza no país. 

O Bolsa Família foi criado no ano de 2003, pelo ex-presidente Lula.

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado
Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Fim do auxílio emergencial 

Depois que o auxílio emergencial foi cancelado, o governo tentou correr atrás de outro tipo de benefício para amparar as necessidades dos brasileiros dentro do programa. 

O objetivo disto é unificar benefícios que já existem no programa aumentar os valores e criar novas bolsas:

  • Por mérito escolar;
  • Esportivo;
  • Científico.

Bolsa por mérito 

O governo tem o objetivo de criar essas bolsas para premiar estudantes do programa por conta do seu desempenho em tal área. 

Em primeiro momento cerca de 10 mil estudantes devem ser contemplados com o bolsa por mérito esportivo e outros 10 mil na de iniciação científica. 

Custo do benefício 

A família vai receber uma parcela única no valor de R $1 mil e o aluno cerca de R $100 mensais.

O total deste curso será de R $2,2 mil no período de um ano.

No total deste gasto para o governo, será de R $50 milhões. 

Concluindo 

Concluindo o nosso texto, esta proposta ainda está sendo analisada pelo ministério e precisa da aprovação do presidente, porém ela ainda se encontra pendente por conta do Congresso que está com as suas atenções voltadas para as presidências da Câmara e do Senado. 

E vale ressaltar que aconteceram mudanças no prazo de saque, o período era de 90 dias, porém neste ano o prazo passou para 270 dias. 

Por Laís Oliveira

.fb-background-color {
background: !important;
}
.fb_iframe_widget_fluid_desktop iframe {
width: 600px !important;
}

O post Reformulação do Novo Bolsa Família em 2021 apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Reformulação do Novo Bolsa Família em 2021