Veja as doenças que dão direito ao auxílio-doença

O auxílio-doença é o benefício direcionado ao segurado incapaz de exercer a atividade profissional após 15 dias de afastamento mediante atestado médico.

Disponibilizado pela Previdência Social através do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), para adquirir o direito a este benefício, é preciso cumprir alguns requisitos, como o período de carência, incapacidade ao trabalho, além de passar pela perícia médica. 

O período de carência exigido pelo INSS é de, pelo menos, 12 contribuições mensais, para que o segurado possa solicitar o auxílio-doença

No que se refere à incapacidade para exercer a atividade profissional, por mais de 15 dias, sendo estes primeiros concedidos mediante atestado médico e custeados pela própria empresa. 

Após este período, o segurado está autorizado a requerer o auxílio doença, momento em que deverá agendar uma perícia médica junto ao INSS, na qual será capaz de analisar o estado de saúde do contribuinte e estabelecer se ele está apto ou não para receber o benefício previdenciário. 

É importante ressaltar que esta é a etapa principal, responsável pela decisão sobre a liberação ou não do recurso, portanto, o segurado deve se atentar quanto à data agendada para o procedimento. 

Doenças que dão direito ao auxílio-doença

Conforme mencionado, a concessão do benefício depende da comprovação mediante a perícia médica, de que o segurado está temporariamente incapaz de trabalhar.

Assim, há a confirmação da condição alegada que junto ao período de carência de 12 meses, dão o direito ao recebimento do benefício. 

No entanto, a lei prevê algumas doenças que dão direito ao benefício sem precisar cumprir o período de carência. São elas:

  • Tuberculose ativa;
  • Hanseníase;
  • Alienação mental;
  • Neoplasia maligna;
  • Cegueira;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Cardiopatia grave;
  • Mal de Parkinson;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Nefropatia grave;
  • Estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante);
  • Síndrome da Imunodeficiência Adquirida — AIDS;
  • Contaminação por radiação com base em conclusão da medicina especializada;
  • Hepatopatia grave.

Ressaltando que também há a dispensa do período de carência na situação em que o segurado sofre algum acidente de qualquer natureza ou é afetado por uma doença profissional ou do trabalho.

Em casos assim, a situação deve ter origem traumática e por exposição a agentes nocivos à saúde, sejam eles físicos, químicos ou biológicos, que possam resultar em uma lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, perda ou redução permanente ou temporária da capacidade laboral. 

doença de Pompe

Como proceder com o auxílio-doença negado?

É bastante frustrante que no momento em que mais se precisa de um auxílio previdenciário em virtude de doença, acidente ou desemprego, a autarquia nega o apoio ao segurado. 

Sendo assim, em casos de recusa ou negativa de benefícios como a aposentadoria por invalidez ou auxílio-doença, se o Judiciário constatar o parecer indevido, há a determinação do pagamento retroativo.

Por diversas vezes, o INSS tem negado abusivamente os respectivos direitos mesmo perante a realização da perícia médica. 

Desta forma, os segurados doentes e sem condições de trabalhar, recebem altas precipitadas mesmo com a nítida incapacidade para retornar ao trabalho.

Portanto, se o pedido do auxílio-doença for negado, o segurado do INSS deve realizar uma nova perícia com um médico perito diferente, conforme instruído pelo próprio instituto. 

Além do que, o segurado ainda pode recorrer a duas alternativas, entrar com um novo pedido diretamente no INSS, ou recorrer à Justiça Federal, neste caso, é fundamental requerer prioridade no julgamento. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laura Alvarenga

O post Veja as doenças que dão direito ao auxílio-doença apareceu primeiro em Rede Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal .


Veja as doenças que dão direito ao auxílio-doença